quarta-feira, 30 de junho de 2010

Paródias dos posters de Cavaleiro das Trevas e Batman Begins com a série dos anos 60

Bem antes de Tim Burton lançar Batman, em 1989, um outro filme do Homem Morcego, protagonizado por Adam West e Burt Ward e todo o elenco da série de TV foi lançado em 1966. É desse filme a famosa cena em que Batman se defende do ataque de um tubarão com um spray repelente de...tubarão!
E algumas pessoas recriaram posters para esse filme baseado nas peças de Batman Begins e Cavaleiro das Trevas. Confira abaixo:







segunda-feira, 28 de junho de 2010

Christopher Nolan já está trabalhando em Batman 3


A Origem foi exibido para algumas pessoas na semana passada (Peter Travers já divulgou a crítica dele para o filme), portanto, o filme já está pronto. Isso significa que agora, Christopher Nolan já encerrou os trabalhos com Inception e pode começar a pensar na continuação de Cavaleiro das Trevas. E parece que é exatamente isso que ele vai fazer. Em entrevista dada à MTV, Nolan disse que já estão trabalhando no roteiro, que está sendo escrito pelo seu irmão, Jonathan, baseado numa história dele e David Goyer.

Imagino que daqui para frente, ele também vai começar a mexer nesse roteiro, assim como foi com Cavaleiro das Trevas. Eu, sinceramente estou curiosa para ver o rumo que eles vão dar para isso. Eu não consigo imaginar nada muito evidente, como foi com Begins, de jeito nenhum. 
Em menos de um mês, vai ter a Comic Con. E eu acho que dessa vez, a DC e a Warner vão divulgar alguma coisa de verdade sobre os filmes dos personagens. E Batman certamente entra nesse grupo.

sábado, 26 de junho de 2010

Cavaleiro das Trevas pode ter outra edição em Bluray com mais extras

Enquanto eu estava envolvida com a preparação para o #BatmanBeginsDay, surgiu uma informação que pode ser muito interessante. Em comemoração aos seus 75 anos, a DC está disponibilizando Batman - O Cavaleiro das Trevas para download em julho e, segundo eles, com 31 minutos a mais de extras inéditos. O material estaria disponível no Itunes, Amazon On Demand e Cable On Demand. A lista de extras novos está nessa captura do menu, abaixo:


Isso levantou uma outra suspeita no Blu-ray Blog de que a Warner pode lançar uma edição de colecionador do Bluray de Cavaleiro das Trevas com esse novo material, que inclui o vídeo abaixo:



Comparando a lista de extras novos com a do Bluray americano e do dvd aqui do Brasil, sinceramente, me pareceu muito parecido, para não dizer igual. O que pode ser é que talvez seja basicamente o mesmo material, editado de foma diferente. Mas eu espero estar errada.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

No Twitter #4: Batman Begins Day

Perdeu o #BatmanBeginsDay ontem? Não tem problema! Esse post é só para reunir todos os links que eu enviei para o Twitter ontem ao longo do dia. Seguem abaixo:

Vai começar o #BatmanBeginsDay! http://bit.ly/9MjegP
 

A pág. oficial do filme ainda tá no ar: http://bit.ly/b4z51e 

Trailers, imagens e mais coisas na pág. do filme no blog: http://bit.ly/bVRBjx


Centenas de capturas de Batman Begins. É daí q eu tirei as imagens do cabeçalho: http://bit.ly/b6RnQz 

E se Batman Begins fosse uma comédia romântica? http://bit.ly/dl5ES9 
 
Pôster "Star Wars" de Batman Begins: http://bit.ly/b0vgxq 

@ARGCast sobre Batman no cinema: http://bit.ly/bYVj6u teve gente q viu o filme 9x no cinema! 
 
Versão Resumida de Batman Begins no @jovemnerd: http://bit.ly/duztbb 

#rapaduracast sobre Batman no Cinema: http://bit.ly/cBbYSb 

40 posters não usado de Batman Begins: http://bit.ly/bTio55
 
Tankman Begins: http://bit.ly/aGcIW3 

Scan de Batman Ano Um, hq do Frank Miller q mais inpirou Batman Begins: http://bit.ly/9bxcw8
 
Scan da versão em quadrinhos de Batman Begins: http://bit.ly/8XsniK 

Download da trilha sonora de Hans Zimmer e James Newton Howard : http://bit.ly/9SYFAF
 
Nerdcast sobre Batman no Cinema: http://bit.ly/b3ycnv 

Os projetos não usados, puta texto do @dcumoviepage: http://bit.ly/d9fCVc
 
Cinco anos depois: http://bit.ly/9rsGhb 

Outro do @dcumoviepage, O filme em si: http://bit.ly/dnBCRY

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Batman Begins: O filme em si


Não vou me ater a trama do filme, pois acredito que você é fã de Batman,obviamente deve ter visto o filme até cansar, então me focarei no que o filme é,e o que ele representou não só para a DC, mas pro gênero “nerd”, digamos. Pra começar, o mais obvio, Batman Begins até então era a melhor  adaptação  do personagem para os cinemas já feito. Seguindo o estilo utilizado pro Superman O Filme, de Richard Donner, conseguiu trazer uma historia fiel,com surpresas, um ritmo inteligente e principalmente um fator essencial para que a nova serie  de filmes funcionasse, verossimilhança. A “realidade” proposta no filme não era só de tornar aquela Gotham City e aquele um lugar mais real,mas em especial tornar os personagens reconhecíveis como tal. Te fazer acreditar que dentro daquele mundo aquelas coisas são possíveis e que tem profundidade. O Batman do Nolan não é foda porque é “realístico demais” ou “dark”, é porque consegue criar algo novo sem se desviar da fidelidade daquilo que serviu de base. Alguns entenderam a mensagem, como JJ Abrams no ultimo Star Trek, outros não, como por exemplo Street Fighter: A Lenda de Chun-Li.



Em relação ao personagem principal,uma interpretação completa e competente de Christian Bale. Você não precisa que ele se vista de Morcego pra saber que Bruce Wayne é fodão, e finalmente seus pensamentos e anseios foram explorados ao extremo. Ele sabe que sua raiva pode levá-lo a um caminho contrario que ele jurou seguir,mas graças ao ensinamento de seu pai (tirando Hypolita, as mães não tem espaço no Universo Dc HAHAHAHAHA). Bruce Wayne no começo do filme é uma jóia bruta,precisando ser lapidada. Ele ainda não é o super detetive, mas tem a tecnologia a mãos para quebrar seu galho. Temos mais um Batman em formação do que ele propriamente formado (coisa que já no inicio de TDK você sente a diferença).É um homem querendo fazer diferença em sua cidade corrupta,e isso é muito importante para compreender de fato  o personagem.



E também BB mostra que,com uma boa historia, dá pra ter muitos vilões sem perder o fio da meada. Espantalho consegue ser completamente funcional com um dos temas propostos pelo filme (o medo como arma, pro bem ou pro mal),além de Cillian Murphy ter incorporado o personagem de forma tão natural. Uma das surpresas do casting foi Tom Wilkinson como Carmine Falcone, trazendo os mobs que Frank Miller e Jeph Loeb eternizaram, dando um desafio de fato a ser enfrentado por Bruce alem do conceito de sabermos que Gotham é violenta.E pra fechar, todo o segredo sujo pro trás do  maior WTF que até 2005 eu tive com filmes de HQ: Descobrir que Liam Nesson no fim das contas era realmente o Ras Al Ghul (tornando assim Ken Watanabe a versão live action do Ubu) foi prazeroso, pois me senti ao mesmo tempo trouxa e feliz por ver que esteve em nossa cara todo o tempo.Ver Ras como a tentativa de novo pai que é renegado por ter idéias contrarias a “tentativa” de novo filho, além de toda estratégia “Padme Amídala” para que a farsa do imortal cabeça do demônio funcione,alem do fato que ser seu primeiro vilão,que permite que o ator se divirta e faça de maneira mais refrescante o papel do cara mal.




Apesar de Katie Holmes ter tentado ser madura, não deu muito pra levá-la a serio como Rachel Dawes. Mas em compensação o resto do elenco compensou e muito! Morgan Freeman pode ter feito o filme por grana,mas nos trouxe um perfeito gentleman como Lucius Fox, Michael Caine equilibrando entre o divertido e o paternal como Alfred Pennyworth (apesar de ainda achar que Michael Gough é o melhor Alfred EVER) e o camaleão Gary Oldman  assustadoramente fiel e fisicamente parecido como o então Capitão James Gordon.




E para DC Comics,mudou alguma coisa? Claro! Apesar de resultados demorados e cobertos por um véu de mistérios, na época a Warner também queria mostrar que está fazendo direito e que aprendeu as lições com seu passado triste(na minha opinião,de 2005 até 2009,a DC tem dado uma surra nos filmes da live-action da Marvel, mas isso é outro assunto).A passos lentos, mas firmes,começou a volta dos filmes da editora aos cinemas, culminando ano que vem para ver se a editora consegue botar seu universo de fato nas telas com Lanterna Verde. No fim das contas, Batman Begins vou a volta de um ícone de cabeça erguida em um gênero cinematográfico que ele ajudou a construir e consolidar,provando que historias de quadrinhos podem ser levadas a serio e,principalmente,como símbolo universal se torna adaptável em qualquer mídia.

Batman Begins: Os projetos não usados

Por @dcumoviepage

 


Para que  nós caímos?Pra aprendermos a nos levantar. Uma das frases dentro do filme Batman Begins revela bem seu objetivo:dar uma nova chance ao Morcego nos cinemas.Depois do fracasso e publico e critica com Batman & Robin, vários projetos foram planejados até que “o santo graal” foi atingido.Os projetos não usados,os rumores e  minha opinião sobre o filme vocês verão abaixo:

PROJETOS NÃO USADOS

Batman Triunfante (Batman Triumphant): No caso a sequência de Batman & Robin seria ainda dirigida por Joel Schumacher ,e seria a tentativa de voltar ao roots dark do personagem(que poderia ser interpretado  por Kurt Russel).Os vilões seriam o Espantalho (possivelmente Jeff Goldblun) e Arlequina(possivelmente Jenny McCarthy ou Maddona,serio!),aqui filha de Jack Napier que decide continuar o trabalho do pai. Uma tragédia envolvendo Barbara Wilson,a Batgirl (os rumores variavam entre morte e aleijamento) fariam Dick Grayson abandonar Gotham e virar o Asa Noturna e a entrada de Tim Drake(rumores fortes falavam que era o Leonardo DiCaprio) como novo Robin,e uma ponta de Jack Nicholson como Coringa na forma de  alucinação do gás do medo, Renee Montoya em papel de destaque e a provável volta de Selina Kyle! O roteiro ficou por conta de Mark Protosevich.


Batman do Futuro

Com a inesperada surpresa do sucesso da serie entre os fãs,até  o mais xiitas,junto com a onda de modernidade que chegou com The Matrix,obviamente a Warner se mostrou presente e fez um roteiro disso.Na Gotham City do Futuro,o jovem Terry Mcguiness descobre que Bruce Wayne era o Batman e ,decido a se vingar do assassino de seu pai,ligado a empresa Wayne,vira o novo Batman, com uma roupa high tech em um novo bravo mundo.Os boatos diziam que Keanu Reeves iria fazer o papel  principal. Acabou tendo um filme em animação seguindo os acontecimentos da primeira temporada, O Retorno  do Coringa.



Batman Ano Um

Baseado na revista escrita por Frank Miller, conta o primeiro  ano de Bruce Wayne agindo como Batman, tentando limpar  as ruas da corrupção e da máfia. Darren Aronofsky assumiu a direção  e Frank Miller escreveu o roteiro para o filme,gerando como resultado um filme ultra-violento,e com diferenças em relação ao original,como Alfred ser um mecânico negro, Bruce Wayne ser um sem-teto e o Batmovel ser um lincoln continental com um motor de ônibus.Christian Bale chegou a dar uma olhada no roteiro...Como demorei pra achar essas fotos da produção,vou compartilhar com vocês todas as que achei.Um filme baseado na HQ deve sair em  2011/2012 pela linha DC Universe.





















Batman VS Superman

Num mundo onde Bruce Wayne e Clark Kent estão passando por maus bocados em suas vidas pessoais, a única chance de salvação da Terra é se os dois maiores heróis se unirem!Filme que seria dirigido por Wolfang  Petersen,caso não tivesse Tróia pela frente. Mesmo com o projeto (por enquanto) na gaveta,o diretor ainda demonstra interesse em fazê-lo.Novamente, Christian Bale foi cotado para fazer o Superman.Teve até um easter egg disso no Eu Sou a Lenda.



E então, Nolan chegou...

BATMAN COMEÇA A SE  REEGUER

Chistopher Nolan,diretor muito elogiado por seus filme até então conhecidos,Insônia e Amnésia,conseguiu com a Warner o direito de fazer o filme.Seu ponto  de vista até então pareceu conquistar os fãs,afinal,realismo é algo que não tínhamos visto de fato nos filmes do personagem.Dai começaram a surgir os primeiros boatos:Espantalho e Ras Al Ghul seriam os vilões,e o filme se iniciaria com uma caçada ao Dr.Crane pelos telhados de Gotham, e depois partiria ao oriente a caça de Ras,mas até então nenhum detalhe mais profundo.Aí veio a grande sacada,o filme no fim das contas seria um reboot da franquia,dando a oportunidade de reconstruir o personagem da maneira que fosse bom e o mais importante,mostrar algo novo de fato ao grande publico.Apesar de sabermos que os pais de Bruce Wayne foram mortos,e a partir disso ele passa a dedicar sua vida contra o crime,mas nunca isso foi explicado da maneira mais convincente e/ou correta.uma oportunidade de ouro estava aqui.


Mas no fim das contas, quem estaria apto para interpretar Batman e Bruce Wayne,mas de uma maneira mais completa? Não vou me aprofundar muito nas minhas opiniões sobre o que foi feito nos anos 90, mas o  que acontecia,e isso era refletido no personagem principal,era que os filmes não captavam toda a mitologia,tudo que era de fato o personagem, só pedaços. Com Christian Bale finalmente escolhido, temos uma atuação em que Bruce Wayne e Batman são realmente um só, e que não precisamos ter pressa pra ver ele colocando a roupa e batendo em bandidos. Continuo a falar sobre isso mais a frente.



Ao passar do tempo,o resto do elenco foi sendo escolhido,mas vou falar aqui dos rumores.Viggo Mortensen,de Senhor dos Anéis,estaria no filme como Ceifador( vilão do Ano Dois), Clint Eastwood faria uma ponta como prefeito de Gotham(e o pior,ele estava interessado!) e quando Liam Nesson foi contratado,foi anunciado como Ras Al Ghul,mas rapidamente desmentido pela Warner,que dizia que ele faria Henri Ducard. No fim das contas, como descobrimos, dentro dos rumores tinha um fundo de verdade...


Bem assim o resto do elenco foi escolhido,sem muitas ressalvas da parte dos fãs (bem, exceto Katie Holmes), e incluindo algumas surpresas bacanas, como Tom Wilkinson como Carmine Falcone. O filme começou a ser gravado na gélida Finlândia, depois iria pra Inglaterra e Chicago,nos EUAsis.A expectativa estava grande em relação de como ficaria o filme. Algo dentro de mim já sabia que dessa vez daria certo, mas ao ver essa foto,meus medos foram embora.A partir  desse dia, em Nolan confiaria.


Tive minha fé abalada quando o diretor chamou Heath Ledger ora fazer o Coringa,mas isso é outra história da qual contarei depois...

Cinco anos depois...

Are you ready to begin?

Batman Begins foi o último filme que assisti da maneira correta. Por maneira correta, quero dizer, sem saber absolutamente nada, sequer elenco e sem ter visto um trailer. E isso fez todo o diferencial na minha experiência no cinema. E, acreditem, antes disso, eu nunca tinha visto nenhum filme do Tim Burton e do Joel Schumacher no cinema, apesar de sempre ter sido fã do personagem. Ou seja, Begins foi a minha primeira experiência com Batman  no cinema. Meio tarde, mas valeu muitíssimo a pena.

Até pouco tempo atrás, eu não entendia exatamente porque Christopher Nolan compara Begins com Superman - O Filme, mas depois de rever o filme, comecei a entender. Tudo que engloba a mitologia dos dois personagens é muito bem abordado nos dois filmes. No caso do Batman, desde a utilidade das orelhinhas, passando pelo sinalizador preso na bota que atrai os morcegos no Arkham, completamente retirado de Batman Ano Um. Esse tipo de coisa pode parecer besteira, explicação exagerada mas, para mim, mostra um baita cuidado em mostrar o personagem com o maior cuidado. Afinal de contas, não havia muita preocupação com isso antes.

Rever Begins depois de ter visto Cavaleiro das Trevas (é, não tinha feito isso até hoje) fez com eu fizesse uma série de associações entre os dois filmes na minha cabeça. É impressionante como o que o Gordon fala no fim de Begins sobre a escalada se encaixa com o que acontece em CdT. E, de alguma maneira, quando Bruce Wayne resolve trocar de armadura e o Lucius diz que a nova indumentária o deixará mais vulnerável, parece que, mais que a escalada não cessa, mas que Batman está cada vez mais sujeito a qualquer coisa e que, ao contrário do que o Bruce pensa ou quer que aconteça, isso não vai acabar nunca. E é interessante conseguir fazer esse tipo de associação porque, por mais que sejam dois filmes distintos e se sustentem por si só, eles meio que dialogam. E várias outros personagens com muitos filmes não constroem esse tipo de relação.

Meu palpite é que esse tipo de coisa vai continuar acontecendo no próximo filme, como não podia deixar de ser. A diferença é que agora não tá muito claro para gente a qual vai ser o gancho, porque CdT não tem uma "carta coringa". Mas a escala continua.

Vou deixar aqui algumas das minhas cenas preferidas do filme. Aqui, a primeira aparição do Batman, uma das melhores abordagens que o personagem já teve e que podia se repetir mais vezes. E, claro, aqui, a cena final, que mais parece uma continuação da última página de Batman Ano Um, quando o Gordon "diz" que está esperando o seu novo amigo para contar sobre um maluco que apareceu na cidade.

Posters não usados de Batman Begins

Ao contrário do que aconteceu com Cavaleiro das Trevas, os posters de Batman Begins que não foram utilizados na divulgação do filme estão nos extras do dvd duplo (imagino que no blu-ray também) e inclusive,  alguns foram impressos para a versão Gift Set em dvd e bluray. Para quem não conhece as  40 artes, elas estão abaixo, capturadas do próprio dvd duplo do filme. Eu me pergunto porque alguns não foram usados , assim como porque outros são tão exdrúxulos. Infelizmente, a qualidade não é das melhores, mas dá para ter uma boa noção:
























Related Posts with Thumbnails